transparência

transparência | s. f.
trans·pa·rên·ci·a
(transpar[ecer] + -ência )
nome feminino

1. Qualidade do que é transparente. = DIAFANEIDADE

2. Superfície ou tecido transparente.

3. Película ou folha de material transparente onde se escreve ou imprime o que se destina a ser reproduzido com um retroprojector . = ACETATO


substantivo feminino Característica ou estado do que é transparente.
Tipo de folha que, sendo transparente, pode ser usada para imprimir diversos tipos de textos, desenhos, gráficos etc., podendo ser projetada na tela de um retroprojetor.
[Por Extensão] Aquilo pode ser transparente; o que é transparente.
[Figurado] Particularidade do que não possui duplo sentido; que se apresenta com clareza; limpidez.
[Política] Preceito através do qual se impõe a administração pública a prestação de contas de suas ações, através da utilização de meios de comunicação.
[Física] Uso incorreto. Parte da energia que radia sendo propagada por um sistema; transmitância.
Etimologia (origem da palavra transparência). Do laim transparentia.ae.


Num sistema óptico, transparência é a propriedade de ser transparente, isto é, que permite passar luz. A propriedade oposta é a opacidade. Embora no uso comum a transparência geralmente se refira à luz visível, pode realmente referir-se a qualquer tipo de radiação. Por exemplo, a carne é suficientemente transparente aos raios X, permitindo a impressão em películas fotográficas, enquanto o osso não o é, permitindo o uso de máquinas de raio X.
Exemplos de materiais transparentes à luz visível são ar e alguns outros gases, líquidos tais como a água, a maioria dos vidros, muitos cristais e plásticos como Perspex. Onde o grau de transparência varia de acordo com o comprimento de onda da luz, a imagem vista através do material é matizada. Isto pode, por exemplo, ser devido a determinadas moléculas de óxido metálico no vidro, ou a grandes partículas coloridas, como numa fumaça pouco espessa. Se muitas de tais partículas estiverem presentes o material pode tornar-se opaco, como numa fumaça densa.
Pode ver-se completamente através dos materiais transparentes à luz visível; isto é, eles permitem a visualização de imagens claras. Materiais translúcidos permitem que a luz passe através deles apenas difusamente, e então não permitem uma visão completa. Exemplos de materiais translúcidos incluem o vidro fosco, papel, minerais como o quartzo rosa e alguns tipos de âmbar.
Exitem ainda as paredes de vidro transparentes que podem ser feitas opacas pela pressão de um botão.




Deixe um comentário