traqueostomia

traqueostomia | s. f.
tra·que·os·to·mi·a
(traqueo- + -stomia )
substantivo feminino

[Medicina]   [Medicina]   Operação cirúrgica que consiste em abrir a traqueia por meio de um corte vertical. = TRAQUEOTOMIA


substantivo feminino Cirurgia. Traqueotomia feita para pôr a traquéia em contato com o exterior do corpo por meio de uma cânula, quando há risco de asfixia.


Traqueostomia é um orifício artificial criado cirurgicamente através de costa ou de frente de seu pescoço e em sua traquéia. O termo para o procedimento cirúrgico para criar este orifício é traqueotomia, indicado em emergências (como dificuldade na respiração por vias aéreas) e nas incubações prolongadas.
A traqueostomia é frequentemente realizada em pacientes necessitando de ventilação mecânica prolongada. A incisão é feita entre o 2º e 3º anel traqueal. O objetivo é não prejudicar as cordas vocais do paciente ao passar o tubo de ar. Traqueostomia é o conceito que se refere ao procedimento cirúrgico através do qual se exterioriza a traqueia cervical, fixando o traqueostoma à abertura da pele.A técnica, nestes pacientes, apresenta diversas vantagens quando comparada com o tubo orotraqueal, incluindo maior conforto do paciente, mais facilidade de remoção de secreções da árvore traqueobrônquica e manutenção segura da via aérea.
O tubo orotraqueal é mais utilizado quando o paciente vai ficar pouco tempo respirando com ventilação mecânica, como em cirurgias que requerem anestesia geral.
O procedimento para criar a traqueostomia é simples: o pescoço do paciente é limpo e coberto e logo são feitas incisões para expor os anéis cartilaginosos que formam a parede externa da traqueia. O nome para esta cirurgia é traqueostomia
Posteriormente, o cirurgião corta dois desses anéis e insere nesse orifício uma cânula (metálica ou plástica), que permite uma comunicação entre a traqueia e a região do pescoço.




Deixe um comentário