tratado

tratado | s. m. | adj. masc. sing. part. pass. de tratar
tra·ta·do
nome masculino

1. Obra em que se trata de uma arte, de uma ciência.

2. Convenção entre soberanos ou Estados.

3. Convenção entre particulares; contrato.

4. Coisa convencionada.adjectivo adjetivo

5. Manuseado.

6. Examinado, discutido.

7. Conversado, frequentado .

8. Cuidado.

9. [Enologia]   [Enologia]   Que tem alto teor alcoólico, geralmente por adição de aguardente durante a sua elaboração para interromper a fermentação (ex.: vinho tratado). = FORTIFICADO, GENEROSO, LICOROSO
tra·tar tra·tar – Conjugar
verbo transitivo

1. Proceder para com.

2. Portar-se para com.

3. Haver-se para com.

4. Receber em casa e obsequiar.

5. Ajustar ou estabelecer as bases de. = DISCUTIR, NEGOCIAR

6. Dispensar cuidados a. = CUIDAR

7. Dar tratamento a; dispensar cuidados de saúde a (ex.: o veterinário está a tratar o animal).

8. Cuidar, fazer diligência por.

9. Ocupar-se de (ex.: ele tratou da burocracia).

10. Consertar, ajustar, contratar.

11. Qualificar.

12. Discutir, discorrer, debater.

13. Argumentar acerca de.

14. Ter como assunto (ex.: o romance trata (d)a falta de comunicação nas relações humanas).

15. Ter actividade profissional ou comercial em; trabalhar em (ex.: a empresa trata no negócio imobiliário).verbo transitivo e pronominal

16. Ter relações sociais com. = CONVIVER, RELACIONARverbo pronominal

17. Ser o que urge mais.

18. Curar-se ou zelar pela própria saúde. = CUIDAR-SE

19. Alimentar-se, comer (ex.: ela trata-se bem).

20. Usa-se como verbo impessoal e seguido da preposição de para identificar algo, nomeadamente o assunto da discussão (ex.: tratava-se de um assunto confidencial; trata-se de novas estirpes do vírus).


substantivo masculino Acordo formal entre dois ou mais governos independentes (escrito ou verbal).
Obra que demonstra didática e detalhadamente um ou muitos assuntos.
Aquilo que se tratou, que foi acordado ou combinado; trato.
Tópico de discussão, alvo de análise.
adjetivo Que se conseguiu tratar, acordar; acordado.
Que foi alvo de discussão, de análise: assuntos tratados no seminário.
Etimologia (origem da palavra tratado). Do latim tractatus.us.


Um tratado internacional é um acordo resultante da convergência das vontades de dois ou mais sujeitos de direito internacional, formalizada num texto escrito, com o objetivo de produzir efeitos jurídicos no plano internacional. Em outras palavras, o tratado é um meio pelo qual sujeitos de direito internacional – principalmente os Estados nacionais e as organizações internacionais – estipulam direitos e obrigações entre si.
Com o desenvolvimento da sociedade internacional e a intensificação das relações entre as nações, os tratados, os costumes e os princípios norteadores de Direito, tornaram-se as principais fonte de direito internacional existente, e atualmente assumem função semelhante às exercidas pelas leis e contratos no direito interno dos Estados, ao regulamentarem as mais variadas relações jurídicas entre países e organizações internacionais, sobre os mais variados campos do conhecimento humano. Os Estados e as organizações internacionais (e outros sujeitos de direito internacional) que celebram um determinado tratado são chamados “Partes Contratantes” (ou simplesmente “Partes”) a este tratado.
Os tratados assentam-se sobre princípios costumeiros bem consolidados e, desde o século XX, em normas escritas, especialmente a Convenção de Viena sobre Direito dos Tratados (CVDT), de 1969. Dentre estes princípios, destacam-se o princípio lógico-jurídico pacta sunt servanda (em latim, literalmente, “os acordos devem ser cumpridos”) e o princípio do cumprimento de boa fé, ambos presentes no costume internacional e no artigo 26 da CVDT. Uma outra Convenção de Viena, de 1986, regula o direito dos tratados celebrados entre Estados e organizações internacionais, e entre estas.




Deixe um comentário