túnica

túnica | s. f.
tú·ni·ca
(latim tunica, -ae, veste interior comprida )
nome feminino

1. [Vestuário]   [Vestuário]   [Vestuário]   Peça de roupa inteiriça e, geralmente, folgada, de comprimento variável, que cobre o tronco e parte das pernas.

2. [Vestuário]   [Vestuário]   [Vestuário]   Peça de roupa que os povos da Antiguidade Clássica traziam sob o manto ou capa.

3. Dalmática dos diáconos e subdiáconos.

4. [Anatomia]   [Anatomia]   Membrana que envolve um órgão ou lhe forma as paredes.

5. [Botânica]   [Botânica]   Invólucro de certas partes das plantas.

túnica adnata • [Anatomia]   • [Anatomia]   Parte exterior da conjuntiva que está em contacto com o globo ocular. = ADNATA

túnica eritróide • [Anatomia]   • [Anatomia]   Invólucro dos testículos.


substantivo feminino Veste simples, comprida e mais ou menos ajustada ao corpo, usada pelos antigos.
Veste de comprimento vário, em geral vistosamente bordada, que os jovens usam muito.
Veste que, nas cerimônias, os diáconos e subdiáconos usam sobre a alva; dalmática.
Espécie de paletó que faz parte do uniforme militar.
[Anatomia] Nome de várias membranas que envolvem os órgãos: as túnicas do olho.
[Botânica] Invólucro de um bulbo.


A túnica é um traje muito comum em várias culturas, etnias e em diversas partes do mundo, como no Oriente Médio, sendo ali a principal peça do vestuário árabe. Trata-se de uma espécie de “vestido” largo, relativamente leve e de manga comprida que cobre o corpo inteiro.
Devido ao clima quente presente na maioria dos países islâmicos, principalmente no Oriente Médio, normalmente a túnica vestida pelos homens tem cor clara e é muito larga, a fim de refletir melhor os raios solares e permitir que o ar circule por baixo da roupa com mais facilidade.
Por outro lado as mulheres em muitos desses mesmos países do Oriente Médio, como na Arábia Saudita, devem sempre trajar panos pretos, apesar de estarem sujeitas às mesmas condições climáticas.
O corte e o material usados para fazer a túnica variam em cada país, podendo receber nomes como caftan, djellabia, dishdasha ou gallibia.
Assim como muitos outros trajes típicos dos muçulmanos, a túnica tem sua origem nas tribos de beduínos que habitavam o Oriente Médio no século VI.




Deixe um comentário