ventosa

A palavra ventosa possui uma classificação gramatical como sendo substantivo feminino. Ademais, referida palavra possui 7 letras, dentre elas vogais e consoantes. As vogais são: e, o, a. Já as consoantes são: v, n, t, s. Por outro lado, dita palavra pode ser escrita de outro modo, ou seja, ao contrário, ficando assim: asotnev. Além disso, dita palavra é classificada como termo usado para caracterizar o órgão de fixação de alguns animais aquáticos e/ou parasitários.Significado de ventosa

As ventosas são músculos presentes em cefalópodes, principalmente nos polvos e calamares. Eles são circulares e são feitos de carne de músculo e tecido do mesmo tipo que o resto do corpo. Eles estão localizados na superfície dos braços e funciona perfeitamente como um “êmbolo”, ou seja, para colocar pressão sobre uma outra superfície, além de ser preenchido com o copo de sucção a vácuo, expulsando a água fora, e que o polvo ou lula possuem ( ou qualquer cefalópode que a usa) permite ser facilmente aderida à pele. A ventosa, em cucurbitáceas é um termo em latim, quando se quer referir a um vidro arredondado como um instrumento cirúrgico ou de metal, que é aplicado a vários pontos da superfície do corpo para atrair-lhes um afluxo de líquido pelo vácuo formado por um qualquer meio.

As antigas ventosa foram servidas para o efeito um chifre de boi cuja base era aplicada sobre a pele e, em seguida, operavam à vácuo sugando o ar com a boca através de uma pequena abertura no ápice deste instrumento único. No Egito, muitas vezes eram praticados por médicos árabes e isso com notável habilidade. Depois de aspirar o ar fechado contínuo com o ato da pequena abertura com o polegar e continuar aumentando gradualmente a vácuo até que tivessem obtido o atingido ponto da evacuação necessária do sangue.

Ventosa na Idade Média (1400-1420)

É desnecessário dizer que a ventosa de sucção é apenas ligada ao corpo uma vez que continua ou permanece vazia. O vácuo nas ventosas é alcançado ou através de algum reboque ou papel que inflama o reservatório para diluir o ar contendo ou fazendo uso para este fim podendo se utilizar de uma chama de uma vela e uma lâmpada com álcool. Muitas vezes o ar a partir da taça de sucção também é sugado por meio de uma bomba adaptada a uma abertura feita na parte superior do instrumento. Tem também sido previamente concebido um vácuo num reservatório de cobre que pode ser aberto ou fechado à vontade por uma chave. Este último para a abertura superior das taças de sucção são adaptadas rapidamente no momento da sua aplicação, o que lhes permite operar em um ato contínuo de vácuo sem permitir que o frasco perca a pressão. Quando produz esse efeito,  a taça de sucção separa o suficiente para permitir que ela penetre o ar exterior, e abra a chave, e pressione a pele perto do bordo do instrumento.

Assim, vemos que foram utilizados diferentes meios de ventosas, embora o mais simples e mais fácil seja o de expelir o ar a partir da taça de sucção antes de colocar no tegumento por calor. Após a temperatura cair, se formará o ar e dará a pressão, formando assim ventosas em todo a garrafa ou recipiente que ali for feita tal experiência.Sinônimos de ventosa

São sinônimos de ventosa as seguintes palavras: boca, garras.Antônimos de ventosa

São antônimos de ventosa as seguintes palavras:Exemplos de usos e frases

O polvo possui em seus tentáculos pequenos círculos conhecido como ventosa. As ventosas auxiliam a fixação do animal nas superfície.

A ventosa do polvo auxilia sua fixação nas superfícies, possibilitando a sua movimentação sobre ela.

A sanguessuga possui ventosa, estas ventosas auxilia a adaptação da boca na superfície a ser sugada.

 



Deixe um comentário