verniz

verniz | s. m.
ver·niz
nome masculino

1. Solução da resina em álcool ou em outras substâncias com que se cobre a superfície de certos objectos , para os preservar do ar, da humidade , ou para lhes dar brilho.

2. Nome dado a diversos vegetais que fornecem as resinas com que se faz o verniz, da família das gutíferas.

3. Cabedal de polimento.

4. [Cosmetologia]   [Cosmetologia]   Produto líquido, colorido ou incolor, que se aplica nas unhas para as embelezar ou proteger. = ESMALTE

5. [Figurado]   [Figurado]   Polidez; distinção; urbanidade; delicadeza; elegância.

6. [Popular]   [Popular]   Bebedeira.

7. [Brasil]   [Brasil]   Brio; vergonha.

estalar o verniz • Perder ou desaparecer a elegância, a delicadeza ou as boas maneiras.

verniz de gel • [Cosmetologia]   • [Cosmetologia]   Verniz, colorido ou incolor, feito à base de gel, cuja aplicação requer a secagem das unhas em aparelho de luz ultravioleta.Plural: vernizes. Plural: vernizes.


substantivo masculino Solução resinosa com que se recobrem móveis e outros objetos, para resguardá-los do ar e da umidade.
Denominação comum a diversos vegetais produtores de verniz.
[Figurado] Aparência enganosamente boa.
[Figurado] Conhecimento superficial.


O Verniz, é uma mistura viscosa de substâncias naturais, combinadas com a finalidade de obter-se uma película protetora de umidade, intempéries ou até mesmo acabamento artístico. Sua matéria prima é obtida, geralmente de vegetais e a seiva deles, depois acrescentadas outras substâncias para seu brilho, dureza, secagem, maleabilidade para, posteriormente seu uso e comercialização. As resinas, então, são diluídas e misturadas a solventes como aguarrás, Thinner, Álcool, Terebentina, entre outros. Alguns vernizes contém pigmentos adicionados, para alterar a cor natural e obter o efeito satisfatório.
Existem vernizes de resinas ou derivados do petróleo, Nitrocelulose, poliuretano (PU), marítimo e poliéster, são nomes de tipos de vernizes bastante conhecidos no mercado e usados como esmalte para unhas, automotivos, moveleiros, para instrumentos musicais e etc. Essa mistura viscosa é aplicada com um pincel, boneca (técnica), pulverizador ou compressor de ar e pistola.
Visando as especificações do fabricante do produto e o modo de aplicação, tende a adquirir-se a película de proteção obtida pela evaporação do diluente ou pela reação, por secagem química, com a ação do catalisador.




Deixe um comentário