xantina

A palavra xantina possui uma classificação gramatical sendo um substantivo feminino. Referida palavra possui 07 letras, dentre elas vogais e consoantes. As vogais são: a i, já as consoantes são: x n t. Por outro lado, dita palavra pode ser escrita de outro modo, ou seja, ao contrário, ficando assim: anitnax. Além disso, dita palavra refere-se a uma substância nitrogenada cristalina cuja existência se dá na maioria dos tecidos e também dos fluidos orgânicos e de algumas plantas.Significado de xantina

A xantina é considerada como uma substância nitrogenada cristalina cuja existência se dá na maioria dos tecidos e também dos fluidos orgânicos e de algumas plantas (chá ou café). A teofilina, a cafeína e teobromina relaxam o músculo liso, que são nomeadamente bronquial, estimulando o sistema nervoso central e o músculo cardíaco, e também atuam como diuréticos.

O mecanismo proposto deste efeitos são provenientes dos farmacológicos fisiológicos presentes nas xantinas, que são eles:Inibição das fosfodiesterases.Os efeitos diretos sobre a concentração de cálcio intracelular.A ação indireta das figuras cálcio em hiperpolarização da membrana celular.A dissociação do cálcio intracelular aumenta os elementos contráteis do músculo.O antagonismo dos receptores de adenosina.

Uma quantidade significativa de dados sugerem que o antagonismo do receptor de adenosina é o principal fator que é responsável por quase todos os efeitos farmacológicos das metilxantinas nas doses terapêuticas utilizadas nas bebidas consumidas ou que contem nestas.

Os efeitos das xantinas são: Músculos lisos: capacidade de relaxar os brônquios, especialmente se este último tem sido limitado por um espamódico experimental ou clinicamente encontrado na asma. Neste sentido a teofilina é a mais eficaz das xantinas.

Dentro do Sistema Nervoso Central, a teofilina e a cafeína são potentes estimulantes do SNC, enquanto que a teobromina é virtualmente inativa. Existe uma crença de que a cafeína é as metilxantinas mais poderosas, no entanto, a teofilina provoca estimulação do SNC mais profundamente e talvez mais perigosamente do que a cafeína.

Já no Sistema cardiovascular, particularmente a cafeína e a teofilina temefeitos significativos sobre o sistema circulatório. As ações de metilxantinas no sistema circulatório são complexas e às vezes antagônicas, e os efeitos dependem em grande parte das tabelas vigentes à época da administração, a dose e o histórico de exposição a estas substâncias.

No músculo estriado, a cafeína aumenta a capacidade de executar o trabalho muscular em seres humanos. A ingestão de 6 mg de cafeína por kg de peso corporal melhora os esquiadores atléticas cross-country de desempenho, particularmente em grandes altitudes.

Como ações diuréticas, as metilxantinas, especialmente a teofilina, aumentam a produção de urina, e aumenam padrões de excreção de água e eletrólitos que são muito semelhantes às observadas em tiazidas.

Há casos frequentes de intoxicação letal de cafeína. Aparentemente, a dose letal a curto prazo da metilxantina em adultos é de 5 a 10 g de reações indesejáveis, mas pode ser observada após a ingestão da dose de 15 mg / kg, ocorrendo principalmente no sistema nervoso central e do sistema circulatório. Sinônimos de xantina

São sinônimos de xantina as seguintes palavras: planta, medicamentoAntônimos de xantina

São antônimos de xantina as seguintes palavras: atualExemplos de usos e frases

As ações da xantina no sistema circulatório são complexas e às vezes também são antagônicas.

A xantina, especialmente a teofilina, aumenta a produção de urina, e aumenta também os padrões de excreção de água.

A xantina é considerada como uma substância nitrogenada cristalina cuja existência se dá na maioria dos tecidos.



Deixe um comentário