zelo

zelo | s. m. | s. m. pl. 1ª pess. sing. pres. ind. de zelar
ze·lo |ê| ze·lo |ê|
(latim zelus, -i, inveja, ciúmes, emulação, ardor )
substantivo masculino

1. Empenho solícito em procurar o bem próprio ou alheio.

2. Cuidado, interesse, desvelo.
zelossubstantivo masculino plural

3. Ciúmes.Confrontar: selo.

ze·lar ze·lar – Conjugar
verbo transitivo

1. Ter zelo ou zelos de.

2. Tratar com zelo, com cuidado.

3. Administrar diligentemente.

4. Ter ciúmes (de alguém).verbo intransitivo

5. Ter zelos ou ciúmes.Confrontar: selar.


substantivo masculino Atenção excessiva que se demonstra por algo ou alguém; cuidado.
Empenho extraordinário na execução de deveres ou de obrigações religiosas.
Afeição ardente e viva por alguém ou por alguma coisa; carinho.
Etimologia (origem da palavra zelo). Do grego zêlos.


Na mitologia grega Zelos (em grego: Ζῆλος, “zelo”) é o deus da rivalidade, da grandeza e do entusiasmo, já que ele e seus irmãos estão ligados a guerra. Ele é o furor da guerra, filho da oceânide Estige e do titã Palas. Seus irmãos são Nice, Bia e Cratos.
Ele, sua mãe e seus irmãos lutaram ao lado de Zeus na Titanomaquia. Os filhos de Estige foram recompensados, fazendo parte do séquito de Zeus.




Deixe um comentário